Excavations 2014


This is a temporary blog for presenting the excavations of 2016 at Perdigões. Posts from 2011 to 2015 are still available.

Saturday, 30 April 2016

0148 - F1, D5 - Arrumações

Ontem ao final do dia choveu bastante em Reguengos. Hoje, apesar de um belo dia de sol, o terreno estava algo empapado e optámos por não escavar. Aproveitámos para terminar as arrumações no depósito de materiais dos Perdigões, as quais vínhamos realizando aos poucos durante a semana.

Parte do depósito de materiais dos Perdigões depois de arrumado.

E o que já estava um caos está agora mais organizado e arrumado. Recuperou-se espaço e agora até já se pode trabalhar ou estudar materiais durante os próximos tempos. Sim, porque esta largueza não vai durar muito.

Entretanto aqui fica a imagem de uma taça carenada e com o fundo em omphalos registada numa concentração de fauna no topo do depósito que cobre a estrutura circular.


Friday, 29 April 2016

0147 - F1, D4 - Mais definições

Começou a escavar-se estrutura empedrada na sua metade Oeste. Sob a camada de pedras uma pequena estela menir com marcas de percussão, provavelmente reutilizada.


A concentração de materiais no depósito que cobre a estrutura circular alarga-se.


É evidente que esta camada cobre a estrutura circular na sua metade Norte. Esta vai ficando mais definida e tem umas particularidades que estamos ainda a escavar e que serão matéria lá mais para a frente.


Já o murete que segue para Oeste é mais um alinhamento de pedras que um murete.


Thursday, 28 April 2016

0146 - F1, D3 - Não é um tholos

Ao fim do terceiro dia está claro que não estamos perante um tholos, mas em face de uma estrutura circular com três metros de diâmetro interno e uma entrada virada a Este. Pelo exterior Oeste desenvolve-se um murete que na área escavada atinge os 5 metros de comprimento e entra pelo corte, com uma orientação E-O.


Não sabemos ainda o que alberga esta estrutura, mas esta composição arquitectónica faz lembrar outras associadas ao campaniforme na região. O facto de ser coberta por um depósito com alguns materiais que poderão corresponder ao início da Idade do Bronze reforça a possibilidade de esta estrutura se enquadrar na segunda metade do 3º milénio. Veremos o que o evoluir da sua escavação nos diz.



A entrada está orientada precisamente a 90º, tendo como horizonte também de forma muito precisa o centro da elevação de Monsaraz.

A concentração de materiais no topo do depósito que cobre a estrutura está praticamente delimitada e tem uma tendência circular. Será o topo de uma fossa?


Wednesday, 27 April 2016

0145 - Fase 1, dia 2 - Ler é demorado

Ao segundo dia temos o alargamento feito na área da estrutura circular que hipoteticamente poderia ser um Tholos. E temos também a nossa cobertura montada.





A estrutura prolonga-se e está ainda numa fase de indefinição, mas sobre parte dela existe um espesso depósito com abundantes materiais (nada de novo nos Perdigões). Numa área central, contudo, estes materiais apresentam uma densidade impressionante: uma concentração de pequenas pedras, fragmentos cerâmicos e restos faunísticos que obrigam a uma definição cuidada, demorada e paciente para que a realidade ali presente possa ser percebida e registada. Uma tarefa que exige uma grande paciência e tempo.



O que significa? Talvez nos próximos dias haja algumas ideias. Para já fica a noção de que este depósito e esta concentração são posteriores à estrutura de pedra e que podem representar uma das últimas etapas de ocupação dos Perdigões, bem nos finais do 3º milénio AC.

Tuesday, 26 April 2016

0144 - Fase 1, dia 1. Limpezas e alargamentos


Com os Perdigões verdes, pontuados de vermelho e sob um sol já quentinho iniciaram-se os trabalhos da primeira fase das escavações de 2016 com uma equipa reduzida, mas empenhada. O dia foi dedicado a limpezas e alargamentos na área do Sector Q (no centro dos Perdigões) onde no ano passado se haviam identificado estruturas pétreas, uma das quais poderá ser um tholos. Ao final de um bom dia trabalho ainda estava tudo um pouco indefinido, mas já com algumas indicações interessantes. Talvez amanhã haja notícias mais concretas.